VER TODAS NOTÍCIAS

ANOTA AÍ - A IMPORTÂNCIA DA INFRAESTRUTURA DE TI


Publicado quarta-feira, 19 de dezembro de 2018 12:39:31


 

 

 

Disponibilizamos mais um vídeo do quadro “Anota Aí” no nosso canal no YouTube.
Nesse vídeo falaremos sobre a importância da Infraestrutura de TI.
Veja o texto abaixo e entenda a necessidade de estruturar essa área.

 

 

 

Certamente já ouviu muito a palavra “infraestrutura”, mas você entende o que ela significa e o que representa? Bem, nosso texto de hoje é sobre isso... Vamos esclarecer o conceito e mostrar alguns benefícios e recomendações para esse setor ou etapa tão essencial da empresa.

É comum, no começo de um negócio, os empreendedores planejarem e investirem em infraestrutura e a maior parte dos investimentos vão para aquisição de equipamentos para realização das atividades e do espaço físico, no entanto, não criam uma reserva para fazer a manutenção dos equipamentos ocasionando um grande problema à manutenção desses ativos.

Já falamos nos posts de 8 passos para abrir uma oficina mecânica e em Como fidelizar clientes na oficina mecânica sobre a importância de manter um local organizado e limpo e como isso é visto pelos clientes. Esses recursos fazem parte da infraestrutura do local incluindo a infraestrutura de TI que se trata dos elementos e serviços que proporcionam a base para sustentar todos os sistemas de informação de uma empresa.

Todos os elementos físicos de uma empresa estão sujeitos à ação do tempo, ao constante e mau manuseio, por isso, garantir o bom funcionamento e a conservação dos equipamentos é uma tarefa muito importante.

A empresa deve planejar bem a sua infraestrutura contemplando os elementos necessários para o desempenho das funções e entre os mais comuns temos:

  • Hardware: Componente físico que consiste na tecnologia para processamento computacional, armazenamento, entrada e saída de dados.
  • Software: Componentes lógicos que são divididos em softwares de sistema e de aplicativos. Os de sistema administram os recursos e as atividades do computador. Os de aplicativos direcionam o computador a uma tarefa específica solicitada pelo usuário.
  • Rede: Responsável pela conectividade de dados sendo dividida em rede interna (entre os computadores da empresa, o que permite que de qualquer computador consiga acesso a determina informação compartilhada em rede) e a rede externa (permite se comunicar com clientes e fornecedores através da internet).
  •  Serviços: As empresas necessitam de pessoas capacitadas para gerenciar os componentes da infraestrutura de TI e é comum, quando precisam fazer grandes alterações em seus sistemas ou implantar uma estrutura completamente nova, recorrem a consultores externos. Ter uma equipe própria capacitada para realizar a manutenção periódica também é uma boa opção.

A maneira mais eficaz de gerenciar essas questões é estipular um plano de manutenção preventiva que abranja todos os componentes e especificando o tipo de operação de manutenção a ser feita além do período ou frequência dessas manutenções e, principalmente, indicando o responsável pela tarefa. Essa correta estruturação proporciona:

  • Pronto funcionamento das máquinas e equipamentos evitando diminuição do desempenho operacional;
  • Aumento da vida útil das instalações, computadores, servidores e equipamentos;
  • Redução nos custos por paradas inesperadas ou por quebras que poderiam ser evitadas;
  • Diminuição da incidência de acidentes com o pessoal.
  • Redução de prejuízos por paradas nas operações de vendas e emissões de documentos fiscais.

À medida que a empresa cresce, as necessidades dos clientes e empregados segue a mesma tendência de crescimento. Como gestores de negócios, ignorar a importância de planejar e desenvolver uma infraestrutura de TI baseada nas necessidades e prioridades da organização pode ser fatal no longo prazo.

Não faz ideia de como está a sua infraestrutura de TI? Então faça uma análise do que você utiliza, faça uma projeção do que e de quanto será necessário investir para melhorar. Programas de manutenção ultrapassados, sistemas operacionais ou softwares desatualizados e que não atendem às expectativas da empresa geram um custo de 30% em comparação a estarem atualizados.

Se ainda está em dúvidas se deve ou não investir em sua infraestrutura, reflita sobre os seguintes tópicos:

Uma infraestrutura adequada resulta em um bom funcionamento.

A infraestrutura é a sustentação do sistema e da estrutura de uma empresa e reúne todos os elementos e a tecnologias para garantir a continuidade operacional. Ou, em outras palavras, sem dispor de uma boa infraestrutura não há como desempenhar de forma eficaz as funções inerentes à empresa, de forma que se sobressaia no mercado e garanta seu espaço.

A infraestrutura é necessária para equipe de trabalho e para os clientes.

Possuir ferramentas e recursos de ponta, o investimento em tecnologias que potencializem os processos internos e a preservação os ambientes que propiciem bem-estar, confiabilidade e segurança para os colaboradores e clientes da empresa são ações fundamentais. Cabe ao gestor do negócio dispor das melhores ferramentas e oportunidades para que a equipe trabalhe com maior desenvoltura e menor retrabalho, ou seja, o investimento em infraestrutura tem o dever de abrir espaço para a satisfatória produtividade da empresa.

Investir em infraestrutura pode reduzir custos.

Você pode pensar que adquirir novas tecnologias, equipamentos ou ferramentas significa um grande gasto e até desnecessário, mas através da visão estratégica é possível identificar o que trazer para dentro da empresa e o que realmente é necessário e agregará valor.  É necessário encarar os gastos como investimento e não como despesa.

Ao implantar uma infraestrutura adequada ao negócio será muito mais fácil gerenciar as pessoas, cumprir as metas, objetivos e garantir uma melhor experiência para os clientes.  

A infraestrutura é sustentação de funcionamento de uma empresa uma vez que ela agrupa todos os recursos para que as atividades sejam apropriadamente realizadas. Quando se fala em infraestrutura precisa-se pensar que existem infinitas possibilidades para cada tipo de empreendimento, mas a base é comum: envolvendo equipamentos, estruturas físicas, hardware, software e recursos humanos.

Com relação ao WorkMotor, indicamos os requisitos mínimos para o servidor e para os terminais de acordo com os produtos: WorkMotor, WorkMotor Plus e WorkMotor Multi-Lojas, orientamos também sobre a importância na manutenção dos computadores, para garantir o bom desempenho do software.

E então, como está a infraestrutura da sua empresa? Quais são as melhorias mais urgentes para se providenciar? Após essa reflexão coloque a mão na massa e invista no seu negócio!

 

 

Fontes

https://blog.egestor.com.br

http://www.digicomp.com.br

https://pt.wikipedia.org


Pesquisar
Assuntos relacionados