VER TODAS NOTÍCIAS

ANOTA AÍ - NOTA FISCAL ELETRÔNICA


Publicado sexta-feira, 22 de junho de 2018 11:36:28


 

 

Disponibilizamos mais um vídeo do quadro “Anota Aí” no nosso canal no YouTube.

Nesse vídeo falaremos sobre Nota Fiscal Eletrônica.

Conheça suas características e os pré-requisitos para emissão de notas!

 

 

 

 

Quem não se lembra das notas fiscais (NF) de antigamente? 

Aquelas em talão, que tinham o preenchimento feito à mão...

Que além do trabalho geravam muitos custos, principalmente com papel.

 

 

 

 

Hoje em dia o processo está se tornando cada vez mais digital, tornando-o mais prático, rápido e seguro.

A NF-e, Nota Fiscal Eletrônica, é um documento fiscal que existe digitalmente, utilizado para registrar a circulação de mercadorias, como uma transferência de propriedade sobre um bem de uma empresa para uma pessoa física ou outra empresa, quando tem valor financeiro envolvido a Nota Fiscal eletrônica também apresenta o recolhimento de impostos, assim, evitando sonegação.

As notas fiscais podem também ser utilizadas em contextos mais amplos como na regularização de doações, transporte e empréstimos de bens.

A representação gráfica da NF-e é o DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) que deve ser impresso após a validação da nota por parte da SEFAZ e antes da circulação da mercadoria. Ela deve conter a chave de acesso e todas as informações presentes na Nota Fiscal Eletrônica.

 

Para impressão do DANFE deve ser utilizado folha A4, mas, quando a transação comercial é feita fora do estabelecimento, o DANFE pode ser Simplificado, neste caso, a impressão pode ser menor.

Benefícios da NF-e

  • Velocidade da transmissão das informações;
  • Simplificação do processo;
  • Redução de custos, com papel, transporte e armazenamento de documentos fiscais;
  • Assertividade e credibilidade no processo fiscal.

Pré-requisitos

  1. Ter permissão com a SEFAZ para envio de NF-e. O envio de NF-e pode ocorrer em 2 ambientes:  Ambiente de homologação (Ambiente de testes de envio, sem validade fiscal/jurídica) normalmente disponível para clientes que estão começando a emitir Nota Fiscal Eletrônica e Ambiente de produção (Ambiente com validade jurídica e fiscal). A contabilidade será responsável por te comunicar sobre qual ambiente foi liberado. Se for em homologação, também irá informar a quantidade de notas que poderão ser emitidas, para que depois desse número comece as emissões com validade jurídica (Ambiente de Produção);
  2. Possuir internet em seu computador;
  3. Possuir certificado digital A1 ou A3 (Token ou Cartão/Leitor) instalado no computador.

Requisitos Para Emissão no WorkMotor

  1. Módulo Fiscal configurado no WorkMotor;
  2. Para a emissão de qualquer documento fiscal eletrônico é necessário o preenchimento completo do cadastro do cliente, o qual não permite cliente consumidor, ou seja, deverá ser apresentado os dados reais do cliente para a emissão do documento.

IMPORTANTE: Seguem os dados cadastrais obrigatórios para a emissão de NF-e:

EMITENTE (Empresa que está emitindo a nota)

  • CNPJ
  • Razão social
  • IE - Inscrição Estadual
  • Nome Fantasia
  • DDD + telefone
  • Endereço Completo (Endereço + Nº + Bairro + Cidade + UF + CEP)
  • CNPJ da Contabilidade (Obrigatório apenas em BA)

PRODUTO

  • Código
  • Descrição
  • Preço de compra
  • Margem
  • Preço de venda
  • Classificação Fiscal (NCM)
  • Origem da Mercadoria
  • CST/CSON
  • EAN- Código de barras (Opcional)
  • PIS/COFINS (Entrada e saída)
  • CFOP (Deve ser preenchido no momento do envio da nota)

DESTINATÁRIO (Empresa ou Cliente que está recebendo a nota)

  • CNPJ/CPF
  • Razão social/Nome Completo
  • IE - Inscrição Estadual / RG
  • Ind. IE – Indicação de Inscrição Estadual
  • Nome Fantasia
  • DDD + telefone
  • Endereço Completo principal (Endereço + Nº + Bairro + Cidade + UF + CEP)
  • Endereço Completo cobrança (Endereço + Nº + Bairro + Cidade + UF + CEP)
  • Endereço Completo entrega (Endereço + Nº + Bairro + Cidade + UF + CEP)

 

No WorkMotor é possível realizar as principais emissões:

  • Nota de Devolução: tanto devolução de entrada (cliente devolve para a loja) e devolução de saída (loja devolve para o fornecedor).
  • Nota Complementar: utilizado para complementar impostos, valores e quantidades.
  • Nota de Ajuste: ajustar o total de impostos emitidos no mês.
  • Carta de Correção: utilizada para corrigir informações de uma nota já emitida, vale ressaltar que não são todas as informações que podem ser corrigidas.

O que pode ser corrigido pela Carta de Correção:

  • Natureza de Operação (CFOP) desde que não mude a natureza dos impostos
  • Códigos Fiscais – Código de Situação Tributária (desde que não altere valores fiscais)
  • Data da Emissão ou de Saída (desde que não altere o período de apuração do ICMS)
  • Peso, volume, acondicionamento, etc.
  • Dados do Transportador
  • Endereço do Destinatário (Desde que não altere na sua totalidade)
  • Razão Social do Destinatário (Desde que não altere por completo)
  • Omissão ou erro na fundamentação legal que amparou a saída com algum benefício fiscal, ou operação que contemple a sua necessidade (Dados Adicionais)

O que NÃO pode ser corrigido pela Carta de Correção:

  • Data de emissão, quando esta alterar o período de apuração do ICMS
  • Valores Fiscais
  • Destaque de Impostos
  • Descrição da mercadoria que altere a alíquota do imposto
  • Mudança completa do nome do Emitente ou Destinatário
  • Qualquer outra alteração de dados que modifiquem o total da Nota ou o valor do Imposto
  • Quaisquer outros dados que alterem o cálculo ou a operação do imposto.
  • Estes dados podem ser consultados na legislação no: AJUSTE SINIEF 01, DE 30 DE MARÇO DE 2007

A impressão da Carta de Correção é realizada através do Portal da Nota Fiscal:

http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/principal.aspx

Em caso de dúvida consulte sua Contabilidade.

Observação: É possível cancelar uma Nota de acordo com o prazo de até 24h da emissão.

IMPORTANTE: Não utilizar NF-e ou qualquer outro documento fiscal caracteriza sonegação fiscal.

 

Acompanhe nossos conteúdos.

Contamos com Você!

 

FONTE(S):


Pesquisar
Assuntos relacionados